NADA DE DÊSANIMO!

Todas as pessoas têm decisões a serem tomadas todos os dias. Muitas dessas são extremamente importantes e, às vezes, não sabemos exatamente de que maneira resolver uma questão. Porém, é preciso tomar a decisão. E mais, precisamos acertar, pois, senão, teremos um alto preço a pagar como conseqüência negativa da decisão errada.
O melhor momento para pescar é durante o amanhecer ou no pôr-do-sol, em épocas de lua cheia ou nova, e João 21: 2-6 mostra uma pescaria dos discípulos, depois da crucificação de Jesus. Pedro disse: “Eu vou pescar”. Ele estava decidido, era um pescador experiente, mas escolheu a hora errada. Foi num momento em que estava desanimado por causa da aparente derrota de Jesus na cruz.
Pedro e os discípulos haviam deixado para trás carreiras prósperas, suas famílias e até mesmo a religião judaica para seguir a Jesus. Eles tiveram confiança total de que Ele era o Filho de Deus. Também se tornaram celebridades, indo com Jesus de cidade em cidade. As multidões saíam às ruas para conseguir apenas um olhar de Jesus e dos doze discípulos. Mas, agora, tudo parecia que tinha acabado: Jesus havia sido crucificado. A última imagem que tinham na mente era de um Jesus pendurado no madeiro. Vejamos que lições isso traz para nós hoje.
Nunca tome decisões com desânimo O pior momento para se tomar qualquer tipo de decisão é quando você está desanimado. Biblicamente, desanimar implica em renunciar toda e qualquer esperança, é estar completamente destituído de medidas ou recursos emocionais positivos para a realização de algo. Foi num momento em que Pedro estava no mais baixo nível emocional de sua vida cristã que disse: “vou pescar”. Ele estava realmente desanimado, depois que Jesus foi crucificado e tudo parecia acabado!
Mais cedo ou mais tarde, todos nós temos de lidar com estes dias de desânimo. Ninguém deveria tomar decisões importantes para sua vida quando está desanimado.

Continuar lendo

Anúncios