A VERDADEIRA IGREJA COMO CORPO SOBRE A TERRA

“E disse-lhes Pedro: Arrependei-vos, e cada um de vós seja batizado em nome de Jesus Cristo, para perdão dos pecados; e recebereis o dom do Espírito Santo; porque a promessa vos diz respeito a vós, a vossos filhos, e a todos os que estão longe, a tantos quantos Deus nosso Senhor chamar. E com muitas outras palavras isto testificava, e os exortava, dizendo: Salvai-vos desta geração perversa. De sorte que foram batizados os que de bom grado receberam a sua palavra; e naquele dia agregaram-se quase três mil almas, e perseveravam na doutrina dos apóstolos, e na comunhão, e no partir do pão, e nas orações. E em toda a alma havia temor, e muitas maravilhas e sinais se faziam pelos apóstolos. E todos os que criam estavam juntos, e tinham tudo em comum. E vendiam suas propriedades e bens, e repartiam com todos, segundo cada um havia de mister. E, perseverando unânimes todos os dias no templo, e partindo o pão em casa, comiam juntos com alegria e singeleza de coração, louvando a Deus, e caindo na graça de todo o povo. E todos os dias acrescentava o Senhor à igreja aqueles que se haviam de salvar. (Atos 2:38 a 47)”.
Ser igreja não é apenas reunir um grupo de pessoas ou uma multidão dentro ou fora de um templo feito por homens, creio que a Igreja dos nossos tempos se desviou de tal maneira da verdadeira igreja ao que o texto acima se refere que os freqüentadores estão perdidos, sem saber para onde ir ou o que fazer como parte integrante e fundamental da obra de Deus. Creio em uma Igreja cheia da presença e amor de Deus, uma igreja compromissada com as boas novas que Jesus pregou. Creio em um corpo que segue a Cristo com sinceridade no coração, um povo que prega o arrependimento, o batismo, a salvação por intermédio de Jesus e não de homens. A doutrina que devemos seguir é a dos apóstolos, essa foi ensinada pelo Filho de Deus enquanto estava conosco. Precisamos pregar a palavra genuína, para que haja por parte daqueles que se convertem a Cristo o temor verdadeiro em seus corações, não por imposição mais sim por serem cheios do Espírito Santo.

É necessário a presença do amor do Pai para que aja o desejo constante de estar juntos, em orações, suplicas, no partir do pão, no desprendimento solidário de pregar o evangelho onde quer que se esteja. A igreja que creio está baseada em uma palavra que Paulo fala aos coríntios “Rogo-vos, porém, irmãos, pelo nome de nosso Senhor Jesus Cristo, que digais todos uma mesma coisa, e que não haja entre vós dissensões; antes sejais unidos em um mesmo pensamento e em um mesmo parecer. I Coríntios 1:10)”, esse é o princípio, todos tenham um só pensamento, um só objetivo, uma só crença, um só parecer sobre tudo que for indagado. Igreja é o corpo de Cristo sobre a terra e não apenas alguns que se instituem e delegam como sabedores únicos da palavra. Glorifico a Deus por fazer parte do grupo dos que caminham para o alvo, sem soberba, indiferença ou egoísmo. Hoje a Igreja se tornou uma instituição intocável e inquestionável. Temos visto líderes que se consagram verdadeiros senhores da palavra, querem se colocar como o verdadeiro interprete da bíblia mais a seu modo, de forma que tudo o que pregam sempre favorece sua maneira de ver, agir e dirigir sua igreja, (eu disse: “sua igreja”). Hoje a igreja não é mais de Deus, de Cristo e muitas vezes nem o Espírito Santo é ao menos convidado para participar dela, a fé está sendo exposta de diversas formas menos a forma correta que é tê-lo como um consolador, aquele que nos dirigi segundo o caráter de Jesus Cristo.
Precisamos enfrentar esse movimento crescente da prosperidade desfreada, onde só o dinheiro e bênçãos materiais tem valor e sentido nas igrejas. Hoje não se vê como a 25 anos atrás a palavra viva e eficaz sendo pronunciada e difundida com tanta força e coragem. As pessoas hoje em dia não sabem mais discernir o que é graça, bênção ou simplesmente amor de Deus. Você sabe como Jesus era quando esteve na terra? Você imagina como Ele se desprendia das coisas materiais para ensinar e mostrar as espirituais? Jesus era um homem comum cheio do amor, da piedade, da compaixão e misericórdia do Pai por cada pessoa a quem se dirigia. Creio que estar na presença de Jesus era algo inédito, incomparável e indescritível, imagino um poder que o cercava capaz de levar milhares de pessoas a querer apenas ouvi-lo, estar perto dele. Jesus sempre gerou confiança, amizade, bondade, espírito de graça junto aos que o seguia.
O que vimos hoje é bem o contrário, passa-se a idéia que o Reino de Deus é mais bênção que dedicação a Sua adoração, hoje não se adora mais a Deus como a muito tempo atrás. Nos nossos dias as pessoas vão como que obrigadas a Igreja em busca de respostas do seu cotidiano e vida secular ao invés de ir buscar maturidade para enfrentar as adversidades da vida e enxergar de uma vez por todas, que desta vida nada iremos levar. Há prosperidade em cristo? Claro que sim, os que estão Nele e caminham ao seu lado experimentam de momentos sobrenaturais, esses são os que verdadeiramente o buscam em “Espírito e em Verdade”.
Amados precisamos imediatamente começar a divulgar para as pessoas o Amor de Deus, mensagens de sentimento pleno por parte do Pai. Deus está colocando em nossas mãos e diga-se de passagem, de poucos líderes sobre a terra, uma unção da Palavra Viva e Eficaz de Verdade, uma palavra que quando é ouvida ela surte efeito imediato, gera sede e fome de Justiça(amor de Deus), essa palavra é água para quem tem sede, ela é pura, não contaminada, traz saúde ao espírito e a alma; transforma corações vazios, inquietos, cheios de dúvidas e sem direção em verdadeiros mensageiros de Deus. O corpo de Cristo não para de avançar, mesmo com todas essas instituições que pregam mais filosofias humanas baseadas em trechos bíblicos que a verdadeira mensagem do evangelho.
Faça parte desse exército que cultiva o amor de Deus e planta nos corações dos aflitos, perdidos, injustiçados e cheios de vontade da presença de Cristo uma palavra que os coloque em pé para prosseguir. Jesus nos deixou muitas armas, muitas estratégias, e creia que sair pregando prosperidade financeira não é umas delas.
Avançaremos rumo à cruz vazia, porém é nela que foi consumada toda a sua história até que Jesus volte para nos resgatar.
Projeto Benção e Pregador Maurio Maciel.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s