NO MOMENTO DA ANGÚSTIA CLAME A DEUS!

“E invoca-me no dia da angústia; eu te livrarei, e tu me glorificarás.”(Salmo 50:15). Às vezes nos deparamos com dias angustiosos, que nos deixam tristes sem sabermos realmente o porquê não é mesmo? E ai ficamos pensando o que terá nos levado a essa situação, a essas sensações que nos deixam abalados por coisa alguma. Nesse momento nos falta o desejo de orar, de nos entregarmos a uma consagração plena e intensa para com nosso Deus, pois com certeza se o buscarmos Ele nos dará uma resposta, e muito além que uma resposta, quando o buscamos, Deus nos leva a uma reflexão racional, onde coloca nossos pensamentos em seus devidos lugares. Não há experiência maior e mais profunda para quem o conhece, que estar a sós com o Pai em uma conversa franca, sem mascaras, sem pinturas, ou desculpas equivocadas não é? Jesus nos ensina que ao orarmos façamos da seguinte forma: Mas tu, quando orares, entra no teu aposento e, fechando a tua porta, ora a teu Pai que está em secreto; e teu Pai, que vê em secreto, te recompensará publicamente. (Mateus 6:6), Jesus está nos afirmando que o Pai está em secreto e vê em secreto quando nos dirigimos a Ele, amados precisamos tratar de nossas dúvidas, angustias, projetos, deve ser um momento único, um momento onde temos que crer que o Deus absoluto nos ouve, nos vê e nos responde sim, independente do que os outros digam, creia apenas no Pai e no seu Filho Jesus. Entre em oração, alcance o altar e ore, clame, suplique, com ações de graças diga tudo, exponha seus desejos, medos, preocupações que te perturbam, fale dos impossíveis que estão a sua frente, desabafe, Ele é o seu Pai, e Jesus está sentado ao seu lado pronto a interceder por você, e lembre-se que o Espírito Santo clama a teu favor a todo momento com gemidos inexprimíveis por amor a ti. Derrama-se na presença daquele que é o único capaz de te dar uma direção, nada mais é que o passo mais inteligente da sua parte, creia que Deus está pronto a te ouvir, e responder a cada uma das tuas perguntas, e Ele saberá mostrar a você a tua salvação, não há nada que Deus em Cristo não possa resolver, não há nenhuma situação que Ele não possa mudar, por isso, tome o primeiro passo, vá, entre em seu quarto, ore, chore, suplique, e com ações de graças creia que Ele vai responder cada uma das tuas perguntas e te abençoará publicamente, é promessa.

Medite nessa passagem da carta do Apóstolo Paulo a igreja em Roma:

“Porque em esperança fomos salvos. Ora a esperança que se vê não é esperança; porque o que alguém vê como o esperará? Mas, se esperamos o que não vemos, com paciência o esperamos. E da mesma maneira também o Espírito ajuda as nossas fraquezas; porque não sabemos o que havemos de pedir como convém, mas o mesmo Espírito intercede por nós com gemidos inexprimíveis. E aquele que examina os corações sabe qual é a intenção do Espírito; e é ele que segundo Deus intercede pelos santos. E sabemos que todas as coisas contribuem juntamente para o bem daqueles que amam a Deus, daqueles que são chamados segundo o seu propósito. Porque os que dantes conheceu também os predestinou para serem conformes à imagem de seu Filho, a fim de que ele seja o primogênito entre muitos irmãos. E aos que predestinou a estes também chamou; e aos que chamou a estes também justificou; e aos que justificou a estes também glorificou. Que diremos, pois, a estas coisas? Se Deus é por nós, quem será contra nós? Aquele que nem mesmo a seu próprio Filho poupou, antes o entregou por todos nós, como nos não dará também com ele todas as coisas? Quem intentará acusação contra os escolhidos de Deus? É Deus quem os justifica. Quem é que condena? Pois é Cristo quem morreu, ou antes quem ressuscitou dentre os mortos, o qual está à direita de Deus, e também intercede por nós. Quem nos separará do amor de Cristo? A tribulação, ou a angústia, ou a perseguição, ou a fome, ou a nudez, ou o perigo, ou a espada? Como está escrito: Por amor de ti somos entregues à morte todo o dia; Somos reputados como ovelhas para o matadouro. Mas em todas estas coisas somos mais do que vencedores, por aquele que nos amou. Porque estou certo de que, nem a morte, nem a vida, nem os anjos, nem os principados, nem as potestades, nem o presente, nem o porvir, Nem a altura, nem a profundidade, nem alguma outra criatura nos poderá separar do amor de Deus, que está em Cristo Jesus nosso Senhor. Romanos 8:24-39”

Lembre-se: Nada e ninguém poderá te afastar do amor de Deus por você que está em Cristo Jesus nosso Senhor! Com amor da parte do Pai e Cristo Jesus Pregador Maurio Maciel.

COMO FIZ COM EZEQUIEL, TE TOMO PELA MÃO E DIGO: PROFETIZA!

No capítulo do livro de Ezequiel 37, o profeta é tomado pela mão do todo Poderoso e assim revela a profecia mais relevante a condição espiritual e a redenção da nação de Israel.
Pode até algumas vezes parecer que essa profecia pareça polêmica, porque algumas pessoas que por falta da busca de entendimento bíblico, mudam o sentido e a invertem completamente.
Algumas questões muito debatidas são: O que Deus quis realmente dizer através da boca do profeta Ezequiel? Que ou quem são esses ossos secos? Qual significado ou simbolismo da profecia? Vamos tentar entender um pouco o verdadeiro significado dessa relevante profecia, e descobrir que ela é direcionada a um povo escolhido e separado. Creio que essa profecia em sua essência é direcionada aos verdadeiros filhos de Israel. Que o Pai lhe dê entendimento. “Veio sobre mim a mão do SENHOR, e ele me fez sair no Espírito do SENHOR, e me pôs no meio de um vale que estava cheio de ossos. E me fez passar em volta deles; e eis que eram mui numerosos sobre a face do vale, e eis que estavam sequíssimos. (Ezequiel 37:1-2)” Deus proporcionou a Ezequiel a visão de um vale cheio de ossos. Esses ossos representavam pessoas, ou seja o povo israelita. O povo estava por um longo tempo paralisado, como esqueletos, e devido ao extenso tempo naquela situação, se tornaram secos. Não havia sinais de vida neste povo. Deus mostrou que a morte que tomava conta de Israel não era morte física e sim morte espiritual. (Ezequiel 37:3,4) “ E me disse: Filho do homem, porventura viverão estes ossos? E eu disse: Senhor,tu o sabes.Então me disse: Profetiza sobre estes ossos, e dize-lhes: Ossos secos, ouvi a palavra do SENHOR.”Deus diz a Ezequiel: “profetiza sobre esses ossos para que ouçam a minha palavra”. Podemos deduzir sem hesitar que os ossos não representam pessoas mortas fisicamente, e sim mortas espiritualmente, Ezequiel profetiza aos ossos, que instantaneamente começam a tomar forma. Deus compara as condições do seu povo com a dos mortos, os ossos secos no vale. O povo de Israel morre espiritualmente quando eles se desviaram do Senhor e se inclinaram após outros deuses para os servirem. Salomão nos diz em Provérbios 21:16 “O homem que anda desviado do caminho do entendimento, na congregação dos MORTOS repousará.” Israel se desviara do caminho do entendimento, rejeitando a palavra, a adoração e obediência a Deus, portanto agora eles estavam na congregação dos mortos. Espiritualmente falando, Israel se tornara, um povo morto, mas nós também podemos em determinado momento, por não obedecer a palavra de Deus, perdemos a nossa identidade, e assim tornarmo-nos duas vezes mortos, Continuar lendo

GLORIOSA CRUZ

Porque não me enviou Cristo para batizar, mas para pregar o evangelho; não com sabedoria de palavra, para que se não anule a cruz de Cristo. 1 Coríntios 1:17.

A cruz que nós cristãos precisamos experimentar não é esta que é física e visível, mas é a cruz que é eterna. Aquela que não está limitada ao tempo ou espaço. É aquela que é sempre atual e presente na vida do cristão normal. O apóstolo Paulo foi, por assim dizer, o primeiro cristão a experimentar isso. Ele fala em vária de suas epístolas sobre a experimentação da cruz. Ele diz, por exemplo, em Gálatas 2:20 “Estou crucificado com Cristo”. Essa deve ser a verdadeira experiência cristã. Ele diz também na segunda carta aos Coríntios 4:10: Levando sempre por toda parte o morrer de Cristo. Ele nunca fala da cruz e da crucificação como algo do passado, mas algo do presente, algo atual e sempre novo. O irmão Watchman Nee, em sua experiência cristã, provou de perto a cruz do Senhor. Ele teve uma revelação profunda e uma experimentação intensa da cruz de Cristo. Foi por isso que sempre falava dela e sempre buscava estimular os irmãos a tê-la presente em sua vida diária. Em quase todas as pregações do irmão Nee, ele fazia menção à cruz de Cristo. Isso porque em sua jornada de pregador do evangelho, pode observar que a maior fraqueza do povo de Deus estava na falta de uma experiência profunda com a cruz de Cristo. Em minha experiência pessoal, Continuar lendo

REFLEXÃO SOBRE DIZIMAR E OFERTAR NA CASA DO SENHOR

 

Romanos 10:13 Paulo lembra a passagem que se encontra em Joel 2:32 “Porque todo aquele que invocar o nome do Senhor será salvo”

GLÓRIA A DEUS! IRMÃOS TODO AQUELE QUE CLAMAR, QUE CRER, QUE ACEITAR A CRISTO SERÁ SALVO! É FATO, NÃO EXISTE ARGUMENTO CONTRÁRIO A ESSA VERDADE.

Porém na mesma carta aos Romanos 10:14,15 Paulo questiona a igreja com 4 perguntas, ELE diz: “Como, pois, invocarão aquele em quem não creram? e como crerão naquele de quem não ouviram? e como ouvirão, se não há quem pregue? E como pregarão, se não forem enviados?”

Ao questionar os cristãos em Roma, creio que uma das intenções de Paulo era chamar atenção da igreja no sentido de se preocupar mais com a propagação da palavra de forma GENUÍNA e VERDADEIRA, sem desviar-se da verdade e assim ganhar almas. O alvo de Paulo sempre foi pregar as boas novas. Esse tem que ser nosso alvo, pregar, ganhar vidas e expandir a igreja.

PORÉM SURGE A PERGUNTA: COMO FAZER A OBRA SEM RECURSOS?

Está escrito que Deus usa o profeta Malaquias no capítulo 3:10,11 para dizer ao povo: “Trazei todos os dízimos à casa do tesouro, para que haja mantimento na minha casa, e provai-me nisto, diz o Senhor dos Exércitos, se eu não vos abrir as janelas do céu, e não derramar sobre vós bênção sem medida. E por causa de vós repreenderei o devorador.

“Casa do Tesouro”, você já parou para pensar que essa casa também é sua, que você, eu, e todos que confessam a Jesus como Senhor e salvador, somos as joias mais preciosas que o Pai possui? Nós somos valorosos para Deus, não há preço que compre nossa salvação, nossa fidelidade a sua palavra. Precisamos encher a casa do tesouro com vidas preciosas para Deus, vidas essas, que hoje estão no mundo, pedidas, e algumas desviadas. Dizimar e ofertar é preciso, não podemos deixar faltar mantimento na igreja… os recursos tem que chegar a casa do Pai… Assim a igreja cresce, templos são abertos, o evangelho é pregado, vidas são salvas, e estaremos respondendo com atitude ao que Paulo questionou. Esse é o primeiro motivo para contribuirmos na casa do Senhor. Continuar lendo

ONDE ESTÁ O CORDEIRO?

Gênesis 22:7, 8 “Então falou Isaque a Abraão seu pai, e disse: Meu pai! E ele disse: Eis-me aqui, meu filho! E ele disse: Eis aqui o fogo e a lenha, mas onde está o cordeiro para o holocausto? E disse Abraão: Deus proverá para si o cordeiro para o holocausto, meu filho. Assim caminharam ambos juntos.”

Houve o dia em que Abraão ouviu Deus dizendo: “Toma agora o teu filho, o teu único filho, Isaque, a quem amas, e vai-te à terra de Moriá, e oferece-o ali em holocausto sobre uma das montanhas, que eu te direi.” (Gênesis 22:2)
Deus havia dado Isaque a Abraão que era o filho da promessa, e agora ele ouve uma ordem do Senhor para que oferece-se seu filho como holocausto. Abraão poderia ter perguntado; mais porque Senhor? Esse é meu único filho, o filho da promessa, porque o queres? Porem ele obedece prontamente a ordem de Deus e no dia seguinte sai bem cedo com Isaque, a lenha, com o fogo e cutelo. Teria ele levado tudo? Não. Onde está o Cordeiro? Isaque pergunta pelo cordeiro e Abraão responde que “Deus proverá”, como está escrito “E disse Abraão: Deus proverá para si o cordeiro para o holocausto, meu filho. Assim caminharam ambos juntos.” (Gênesis 22:8). O que mais me chama atenção no capítulo 22 de Gênesis é como a fé de Abraão é provada, ele confiava tanto em Deus, tinha uma intimidade tão profunda com o Pai, que em seu coração a certeza e convicção era plena, para ele Deus jamais faria com que ele entrega-se seu filho em holocausto; prova essa que no verso 22:5 ele diz: “E disse Abraão a seus moços: Ficai-vos aqui com o jumento, e eu e o moço iremos até ali; e havendo adorado, TORNAREMOS a vós”, Abraão não disse eu tornarei a vós, mais sim “tornaremos a vós”. Amado a fé de Abraão era tão autêntica, que ele já experimentava naquela época o que está escrito em (Jó 42:5) “Com o ouvir dos meus ouvidos ouvi, mas agora te veem os meus olhos.”
Que tipo de cristianismo estamos vivendo? O que ensina que só recebemos? Que não devemos dar nada a Deus? Que prosperidade é a ordem do dia? Será que você permaneceria firme nos caminhos do Senhor se Deus pedisse o seu Isaque? Quando o Senhor oferece seu Filho para morrer por nossos pecados, Deus faz de Jesus o Isaque de Abraão, sendo que Jesus não foi somente entregue por nossos pecados, mais também se tornou o único mediador entre Deus e nós, dando-nos o direito a vida eterna, a ressuscitar com Cristo. No livro de João (capitulo 1:29) está escrito, “No dia seguinte João viu a Jesus, que vinha para ele, e disse: Eis o Cordeiro de Deus, que tira o pecado do mundo. (João 1:29)”. Você pode perder tudo, mas não pode perder o Cordeiro! Deus providenciou para você o Cordeiro! Vivo com Ele, pois Ele morreu por mim. Jesus preferiu descer ao inferno por você a subir aos céus sem você, será que você consegue entender a profundidade desse ato feito por Cristo? Você já parou para pensar no momento da cruz, buscando compreender tamanho amor por você? Não há de minha parte respostas, argumentos ou perguntas! Mais uma coisa é certa, se Deus me tirou do mundo, das influências que me levariam a morte e me trouxe para sua maravilhosa luz, é porque o que ele tem para mim e para todos que estão em seu reino, é muito mais do que se pode imaginar, como está escrito: “As coisas que o olho não viu, e o ouvido não ouviu, E não subiram ao coração do homem, São as que Deus preparou para os que o amam (1 Coríntios 2:9)”, portanto meu amado que o óleo nunca falte sobre sua cabeça, que suas vestes permaneçam brancas como a neve, e que seu objetivo seja o mesmo do nosso irmão apóstolo Paulo, que disse em (Filipenses 3:14) “Prossigo para o alvo, pelo prêmio da soberana vocação de Deus em Cristo Jesus.”
Portanto amado, ore, jejue, leia a palavra, medite de dia e de noite, prepare-se para ir e pregar as boas novas seja em momento oportuno ou não, espere o sinal do Pai, e que as palavras que saírem de sua boca sejam como brasas vivas do altar.
Com amor do Pai e Cristo Jesus Pregador Maurio Maciel.

DISSE JESUS: CRÊS TU ISTO? QUEM É JESUS PARA VOCÊ?

(João 11:25, a 27) “Disse-lhe Jesus: Eu sou a ressurreição e a vida; quem crê em mim, ainda que esteja morto, viverá; E todo aquele que vive, e crê em mim, nunca morrerá. Crês tu isto? Disse-lhe ela: Sim, Senhor, creio que tu és o Cristo, o Filho de Deus, que havia de vir ao mundo.”
Quem é Jesus para você? Essa pergunta passa desapercebida em nosso meio a todo instante, creio que não há mais tanta importância nos púlpitos de hoje em dia tratar desse assunto. Perguntar as pessoas quem é Jesus pode parecer algo comum, sem muito interesse ou uma pergunta significante, porem, Jesus chega-se a Maria e lhe pergunta que era Ele, ela responde prontamente “tu és o Cristo, o Filho de Deus, que havia de vir ao mundo.” Muitas pessoas conhecem a Jesus pelos seus feitos terrenos e não seu sacrifício espiritual, o qual vencendo a cruz deu o direito aqueles que nele creem de serem feitos filhos de Deus e com Cristo viver eternamente. Muitos conhecem a Jesus porque foi Ele que dividiu a história em 2 partes, antes e depois de sua existência, transformou água em vinho, expulsou demônios, secou a figueira, multiplicou pães e peixes, curou cegos, mudos, coxos, a mulher que sofria de um fluxo de sangue, ressuscitou a menina, aleijados. Mais quem é Jesus para você? É aquele o qual sempre que você está com lutas, enfermidades, desanimo, e sofrimento você o procura de joelhos a chorar e clamar por sua ajuda, por sua presença, por sua intervenção a seu favor? E quando Ele te dá a vitória tão esperada, será que você passa dias agradecendo, a testemunhar com a mesma força, ousadia e insistência de quando viveu a luta? Será que Jesus é para você somente isso? Será que a pessoa de Jesus não chega a ser algo mais promissor em sua vida meu irmão? Será que o porvir não representa nada para você? Amados as aflições, sofrimentos, riqueza, pobreza, comida, bebida, tudo isso passará, mais a palavra de Deus diz que a Sua palavra não passará, suas promessas jamais passarão. A volta de Cristo está próxima, o nosso encontro com o Filho de Deus está se concretizando, a cada dia que passa meu irmão, ao contrário do que pensamos, Continuar lendo

A PORTA ESTÁ ABERTA

 

(Colossenses 4:2 a 4) “Perseverai em oração, velando nela com ação de graças; Orando também juntamente por nós, para que Deus nos “abra a porta da palavra, a fim de falarmos do mistério de Cristo”, pelo qual estou também preso; Para que o manifeste, como me convém falar.

Não podemos abandonar nossos irmãos nas orações, vamos passar por coisas boas e ruins, veremos irmãos caírem e se levantarem, e irmãos caindo e levando muito tempo para se levantar, veremos coisas sobrenaturais, e veremos coisas naturais acontecerem. Precisamos saber as dificuldades daqueles por quem oramos. Devemos orar diariamente. Precisamos querer ser mais do que já somos em Cristo, perseverar, crer que somos cheios da graça do Pai, jejuar, ler, refletir, até sentirmos paz, e nos sentirmos mais forte é a meta para crescimento. Ter a palavra certa para aqueles que Deus nos envia é algo precioso, só com conhecimento e intimidade com o Pai isso é possível. A oração é eficaz em tudo. Paulo estava em uma prisão domiciliar, escrevendo a pessoas que ele não conhecia pessoalmente, pedindo para que orassem para que Deus abrisse uma porta para que a palavra fosse pregada e aceita, ele tinha convicção que mesmo aguardando o seu julgamento, poderia levar as boas novas e fazer discípulos. Ele não conheceu os irmãos em colossos, mais tinha pelos irmãos um amor incondicional como Deus tem por nós, esse amor Paulo adquiriu da parte de Cristo, por meio do Espírito Santo. Paulo nos incentiva a buscar sabedoria, força e Continuar lendo

PORQUE TER MEDO? JESUS VIVE, E COM ELE REINAREMOS.

 
“Eu sou o primeiro e o ultimo, Fui morto, mas eis aqui estou vivo… E tenho as chaves da morte e do inferno
( Apocalipse 1:18).”

Sou aquele que vive, e estava morto… Ele que realmente estava morto, mas agora vive, e viverá para sempre, foi quem apareceu para João, o Senhor Jesus Cristo, visto que não se pode aplicar tais palavras e afirmações a mais ninguém. Jesus fora condenado à morte, foi crucificado, morto e sepultado, mas se levantou do túmulo ao terceiro dia, glórias a Deus. Sendo o próprio Cristo a falar com João, qual seria a razão para temer? Nenhuma! O governo romano havia intensificado a perseguição aos cristãos, medos e duvidas sobre o que aconteceria com a Igreja, com certeza se passava não só entre os crentes da igreja como nos pensamentos de nosso irmão João. Ao ser arrebatado, e visto tudo, e ouvido toda a profecia, creio que ao voltar a si e ao escrever esse livro profético, ele foi fortalecido, pela presença e graça de Cristo. Passara-se mais de meio século que João pregava o evangelho, falando daquele que amava e cria, tanto ternamente, como em espírito e em verdade, e quem, apesar de há muito tempo ausente, havia servido com toda fidelidade, causa que o levou a estar nesta ilha solitária. Sua fé na ressurreição de Jesus não tinha sido em momento algum um engano, jamais gerou dúvida em seu coração, ele viu o Cordeiro Redentor, diante de si, o mesmo que havia sido crucificado, morto, e colocado no túmulo.
Eis que estou vivo para todo o sempre… Jesus vive para sempre. A morte não mais derrubará o Redentor, e Ele nunca mais dormirá no túmulo. Assim como Ele vive para sempre, Ele pode e irá Continuar lendo

O GRANDE ENGANO

Nota

 

receio que, assim como a serpente enganou a Eva com a sua astúcia, assim também seja corrompida a vossa mente e se aparte da simplicidade e pureza devidas a Cristo. 2 Coríntios 11:3.

O homem é um ser religioso. Desde os tempos mais remotos, ele tem levantado altares. Há povos sem leis, sem governos, sem economia, sem escolas, mas jamais sem religião. O homem tem sede do eterno. Deus mesmo colocou a eternidade no coração do homem. Cada religião busca oferecer ao homem o caminho de volta para Deus. É a tentativa desesperada de reconciliação com Deus. A deturpação do pecado, a sagacidade do diabo e a corrupção do mundo entenebreceram a mente humana, e o homem perdeu-se no cipoal desta busca do sagrado. Religiões esdrúxulas são engendradas com vistas a arrastar os homens para os corredores escuros do obscurantismo espiritual. O pecado embruteceu o homem, o diabo cegou o seu entendimento e por isso, cada vez mais, as religiões afastam os homens de Deus, em vez de aproximá-los. A religião é um caminho que o homem tenta abrir da terra para o céu. Hoje a busca incessante é por algo espetacular, extraordinário, e tudo aquilo que pode ser constatado e todo tipo de novidade. É isso que todo religioso busca. Atos 17:21-22. Pois todos os de Atenas e os estrangeiros residentes de outra coisa não cuidavam senão dizer ou ouvir as últimas novidades. Então, Paulo, levantando-se no meio do Areópago, disse: Senhores atenienses! Em tudo vos vejo acentuadamente religiosos.

O pecado rompeu a harmonia e a comunhão do homem com Deus, consigo mesmo, com o próximo e com a natureza. O pecado desestruturou o homem e todas as suas relações. O pecado atingiu e afetou o homem como um todo e atingiu cada área da sua vida. Aquele que foi criado à imagem e semelhança de Deus tornou-se um ser ambíguo, confuso e contraditório. De dentro do coração do homem vasa uma torrente caudalosa de sujidades. O coração humano tornou-se enganoso e desesperadamente corrupto, um poço de sentimentos mesquinhos e desejos abomináveis. A corrupção do meio nada mais é do que o transbordamento da maldade que está em ebulição no coração do homem. Onde quer que o homem põe a mão, ele contamina o ambiente. Quem da imundícia poderá tirar coisa pura? Ninguém! Jó 14:4.
Continuar lendo

VOCÊ JÁ CONFIOU NO HOMEM?

“Assim diz o SENHOR: Maldito o homem que confia no homem, e faz da carne o seu braço, e aparta o seu coração do SENHOR! (Jeremias 17:5).

Para entendermos a profundidade desse texto iremos analisar e fazer uma reflexão tendo como base (João5:3-8) “Nestes jazia grande multidão de enfermos, cegos, mancos e ressicados, esperando o movimento da água. Porquanto um anjo descia em certo tempo ao tanque, e agitava a água; e o primeiro que ali descia, depois do movimento da água, sarava de qualquer enfermidade que tivesse. E estava ali um homem que, havia trinta e oito anos, se achava enfermo. E Jesus, vendo este deitado, e sabendo que estava neste estado havia muito tempo, disse-lhe: Queres ficar são? O enfermo respondeu-lhe: Senhor, não tenho homem algum que, quando a água é agitada, me ponha no tanque; mas, enquanto eu vou, desce outro antes de mim. Jesus disse-lhe: Levanta-te, toma o teu leito, e anda. Logo aquele homem ficou são; e tomou o seu leito, e andava.” Vimos aqui um homem que sofria de uma enfermidade há 38 anos, ou seja, creio que já devia ter uma idade avançada, e como muitos que ali se encontravam, necessitava também urgentemente de uma cura, o que lhe traria paz e conforto, tanto na alma como no espírito. Com certeza muitos o conheciam devido ao tempo de sofrimento, e saberiam que realmente estava curado por conhecerem o estado anterior ao milagre que se faria em sua vida por intermédio de Cristo. Embora sua chance fosse mínima, quase que impossível de acontecer, devemos frisar que no verso 6, a palavra nos diz que Jesus tinha ciência da situação daquele homem. Continuar lendo